10 ANOS DE SNSD: Into the New World (2007)

5 de agosto de 2007. Essa data foi eternizada com o debut do grupo feminino que seria futuramente reconhecido como mais famoso da Coreia. Composto por nove meninas cheias de um carisma marcante, o Girls Generation (SNSD) desempenhou um grande papel na renovação, evolução e popularização do kpop. Graças à iconicidade e influência de muitos de seus lançamentos o SNSD se consolidou como girlgroup da Nação. Ao lado dos também icônicos e amados KARA e Wonder Girls elas fizeram história.

Em 2017 elas completam 1o anos de carreira, anos de muito sucesso, alegrias, amor e também momentos de tristeza. Se não fossem essas meninas eu provavelmente não estaria escrevendo nesse blog, não teria conhecido vários dos meus amigos e não seria o adulto que sou hoje. O SNSD é meu grupo ultimate pelo amor e gratidão que tenho por cada integrante por provocarem em mim o amor pelo kpop. Agradeço a cada uma delas pelos momentos felizes que me proporcionaram e por todas as lágrimas que suas músicas ajudaram a enxugar. Agradeço em especial à Jessica, minha corajosa e perseverante ultimate bias.

Para comemorar essa marca do SNSD eu decidi então trazer um projeto novo para o Normal Demais: o criativamente nomeado 10 Anos de SNSD. Estou ouvindo novamente toda a discografia das soshis e toda semana vou resenhar um dos álbuns. Segundo meus cálculos (feitos demoradamente graças às minhas capacidades de Humanas) dá tempo suficiente para resenhar toda a discografia do SNSD a tempo de agosto. Se sobrar tempo talvez eu até resenhe os solos que não comentei no blog.

Vamos então começar adequadamente com o icônico single album que iniciou a história do grupo: Into the New World.

Como a SM é estúpida não disponibilizou o single album no Spotify, aí está ele completo no YouTube mesmo e vamos começar o review faixa a faixa.

Já começamos com a title track, que tem muito valor emocional pra mim. Into the New World é uma obra-prima, dona de um ritmo extremamente envolvente e cativante. Ela já te ganha nos primeiros segundos e conforme a música passa ela cresce, assumindo proporções grandiosas. Os vocais das meninas estão maravilhosos aqui e todas tiveram a chance de cantar. O refrão é um dos melhores que já ouvi no kpop: é memorável sem ser exatamente chiclete, é dançante mas ótimo pra ouvir parado de olhos fechados. Mas talvez o que mais me ganhe em Into the New World seja a emoção que elas conseguiram colocar aqui. A letra fala sobre amizade, amor e luta contra as adversidades da vida; e as soshis cantam em uma unidade maravilhosa. Eu choro praticamente toda vez que escuto essa música e isso não é uma coisa fácil de acontecer.

Into the New World é aquele tipo de música que eu sempre vou amar e cantar junto, não importa quantos anos passem ou quantas vezes eu escute. O MV é icônico, simplesmente. As cenas que mostram as meninas esbanjando carisma enquanto lutam para realizar seus sonhos são tão poderosas que influenciaram vários outros grupos femininos como o IOI e o Gfriend. Vale a pena chamar atenção para o aegyo colocado no MV. É um aegyo simples e nada exagerado.

Depois de dar replay em Into the New World 928487657222020836226 vezes chega a hora de ouvir as próximas músicas. Depois do hinão principal qualquer outra música escolhida poderia correr o risco de ficar na sombra. Mas as seguintes conseguem, na minha opinião, manter um padrão de qualidade muito bom.

Beginning é muito boa. O ritmo é empolgante e muito gostoso de ouvir, é muito fácil se deixar levar enquanto escuta a música. Parece o tipo de música que eu escuto quando preciso me animar, seu clima mais alto astral cumpre bem o intuito. A letra é sobre amor mas não é nada melosa. É um bom exemplo de como músicas de amor atuais deveriam ser: vibrante e envolvente.

A última faixa inédita do single album é Perfect for You, que viria posteriormente a ter seu nome trocado para Honey por razões que até hoje não compreendo. A música é adorável e super catchy. Gosto muito dos vocais delas nessa música, muito suaves e graciosos. A música é bem levinha e fofa. Se não me engano (de acordo com a internet, não vou lembrar onde li isso) o título coreano dessa música deu origem ao nome do fandom, SONE: seu título é 소원 (So-Won), que significa desejo.

E por fim temos o instrumental de Into the New World pra cantar no karaokê com os amigos.
Into the New World é um pequeno single album repleto de nostalgia. Foi graças a ele que tudo começou. Todo SONE deveria ouvi-lo para relembrar a origem do ot9 e como elas puderam com muito esforço alcançar o topo. Preenchido com músicas doces e otimistas, vale a ouvida pra qualquer um que goste do SNSD, de kpop ou simplesmente de boa música.

♡ Você também vai amar: