Top 10: animações do Studio Ghibli

Vários de vocês já devem conhecer o Ghibli, né? Ele é um estúdio de animação japonês considerado um dos melhores do mundo. Ele foi fundado em 1985, desde então criando filmes incríveis, cheios de emoção e fantasia.

Eu sou completamente apaixonado pelo Studio Ghibli e sempre que posso assisto ou reassisto um filme deles. Resolvi então recomendar 10 animações excelentes do Ghibli pra vocês! Vale muito a pena dar uma olhada nelas.

 

1 – Meu Amigo Totoro

A família das irmãs Satsuki Mei está passando por um momento muito difícil. A mãe delas está internada em um hospital no interior, sofrendo de uma doença severa. O pai se muda com as meninas para morar na pequena cidade para que possam ficar mais próximos da mãe e ajudá-la no que for preciso.

O pai das irmãs é professor e se ausenta durante um tempo todos os dias para dar aulas na universidade. Um dia a pequena Mei decide dar uma olhada nos arredores da casa. Ela acaba descobrindo um caminho que dá em uma árvore sagrada na qual vive o troll protetor da floresta, chamado por Mei de Totoro.

Vamos começar pelo mais icônico! O Totoro é o personagem-símbolo do Ghibli e é tão icônico que recebeu homenagens de Toy Story 3, Neil Gaiman e muitos outros.

A animação é simplesmente adorável e muito carismática. Os personagens são muito fofos e divertidos e o filme discute muitos temas, tais como doença, morte, natureza, magia, espiritualidade, família e muitos outros. A trilha sonora de Totoro é muito boa e combina muito com a história em si. É obrigatório assistir se você quiser uma animação divertida e fofinha.

 

2 – O Serviço de Entregas da Kiki

Kiki é uma bruxinha que está para completar 13 anos. Segundo a lei das bruxas, quando uma bruxinha chega à idade de 13 anos é hora dela viajar para o mundo humano para aprender a sobreviver sozinha. Cada bruxinha deve escolher uma cidade para “pertencer” e Kiki deseja ver o mar e viver perto dele. Logo, ela acaba escolhendo viver na bela cidade de Korico. Com ela vai seu grande gato companheiro Jiji. Lá, ela acaba construindo uma grande amizade com Ozono, a dona da padaria. Para ajudar Ozono, Kiki constrói um serviço de entregas baseado em sua vassoura voadora.

Aaaah, que filme bonitinho! Kiki está entre os meus preferidos do Ghibli. A protagonista é super carismática e a história é muito divertida. Eu gosto muito de histórias que envolvem bruxas e magia em geral, então o filme marca uns pontos extras comigo já pela temática. A fotografia da animação é LINDÍSSIMA e a trilha sonora é maravilhosa. Se você gosta de animações pra aquecer o coração indico muito O Serviço de Entregas da Kiki.

 

3 – Cemitério dos Vagalumes

Ghibli não faz só filmes divertidos. Às vezes a coisa fica mais séria.

Não vou dar muitos detalhes sobre Cemitério dos Vagalumes, é bem melhor assistir sem saber muito sobre o filme. Eu assisti praticamente no escuro e o resultado foi basicamente muito sofrimento. Basta dizer que é a história de dois irmãos que que sofrem muito durante a Segunda Guerra Mundial e acabam perdendo tudo que amam.

Em primeiro lugar, a fotografia é linda.

Esse filme me destruiu, sério. Foi de longe o filme mais emocionante que eu já vi. Ele mostra todo o horror causado pela guerra e a destruição que ela causa não apenas nas pessoas, mas em tudo que as rodeia. É muito pesado e me fazia torcer pelo bem dos personagens para logo em seguida derrubar toda a minha esperança, para depois levantá-la de novo e destruí-la novamente. Ainda assim, é uma obra-prima maravilhosa e vale muito a pena ser assistida. Só separe alguma coisa pra enxugar as lágrimas – você realmente vai precisar.

 

4 – A Viagem de Chihiro

Nesse filme conhecemos a garotinha Chihiro. A família de Chihiro está de mudança, o que não agrada nem um pouco a menina. Enquanto estão na estrada o pai de Chihiro decide pegar uma atalho. Eles ficam perdidos e ao atravessar um túnel são transportados para o lugar mágico onde vivem deuses, monstros e fantasmas. Os pais de Chihiro são transformados em porcos e Chihiro precisa amadurecer para encontrar um modo de desfazer o feitiço ao mesmo tempo em que trabalha em uma casa de banhos cuja proprietária é uma bruxa – literalmente.

Sim, é uma loucura. E isso é que faz de A Viagem de Chihiro tão genial. É uma animação que fala muito sobre crescimento, altruísmo e amadurecimento. A arte da animação é simplesmente maravilhosa e o enredo te prende muito. Se quiser saber um pouco mais, recomendo que leia essa resenha. É um filme super interessante e metafórico. Recomendo!

 

5 – O Castelo Animado

Sophie é uma bela jovem muito ranzinza que trabalha na chapelaria da família. Um dia ela decide ir até a cidade, onde conhece o mago Howl. Howl é muito bonito e sedutor mas tem um caráter visivelmente duvidoso. O que Sophie não poderia ter imaginado é que ela então se tornasse alvo de uma bruxa que os observava. A bruxa lança em Sophie um feitiço que acaba com sua juventude e transforma seu exterior no de uma idosa. Sophie então foge de casa e acaba parando no Castelo Animado de Howl, onde consegue camuflar sua verdadeira identidade e ser contratada como doméstica do castelo.  Assim, ela irá procurar uma cura ao mesmo tempo em que conhece as maravilhas do lar de Howl.

Uma das obras mais legais do Ghibli! Ela é baseada em um livro (que eu pretendo ler em breve), mas é uma ótima adaptação. A qualidade da animação é altíssima e o filme é super divertido, cumprindo muito bem seu papel de entretenimento de qualidade.

 

6 – O Conto da Princesa Kaguya

Esse filme tem a melhor arte que eu já vi em um filme do Ghibli. Sério. Quero dizer, vejam:

OLHEM ESSE TRAÇO. É simples, é elegante, é frágil… já é um excelente motivo pra vocês darem uma chance ao filme! Mas enfim.

Ele é adaptação de uma das lendas mais conhecidas do Japão. Um lenhador encontra dentro de um bambu um lindo bebê que cabe na palma de suas mãos. Ele então cuida da pequena Kaguya até que ela cresça. Ela se torna uma linda jovem, cercada por pretendentes que incluem desde poderosos príncipes até o próprio Imperador do Japão. Mas Kaguya não quer se envolver em casamento com um homem que não ama e para afastá-los começa a enviá-los em buscas pelos presentes mais impossíveis.

Essa é provavelmente minha animação japonesa preferida. Adoro a beleza do traço e o modo como o filme é dirigido: como um conto de fadas gracioso e triste. Kaguya é uma personagem muito humana e comum, é uma jovem normal. Ela tem sonhos e o casamento não é um deles, então ela faz de tudo para se livrar dos indesejados pretendentes em uma época em que as mulheres não tinham direitos ou independência.

 

7 – Princesa Mononoke

Outra das minhas favoritas do Ghibli. Assim como Cemitério dos Vagalumes, eu recomendo não saber muito sobre o que fala Princesa Mononoke. O que posso dizer pra vocês é que ele conta uma história bem complexa. Como eu não consegui resumir muito bem, aqui está a sinopse que tirei do Studio Ghibli Brasil:

Um príncipe infectado por uma doença sabe que irá morrer a menos que encontre a cura. Sendo a sua última esperança, segue para o leste e, durante o caminho, encontra animais da floresta lutando contra a sua exploração, liderados pela princesa Mononoke.

Não preciso nem dizer que é uma animação maravilhosa e obrigatória! A história é super envolvente e traz mensagens muito bonitas.

 

8 – Ponyo – Uma Amizade que Veio do Mar

Do encontro de um cientista humano e a deusa do mar surgiu a peixinha Ponyo. Ponyo é muito curiosa e quer conhecer não apenas o mar, mas também a superfície. Um belo dia ela acaba se encontrando com Sosuke, um garoto humano. Após alguns eventos que não vou mencionar, Ponyo se torna humana e vai viver com Sosuke, mas Ponyo é um perigo para o mundo graças aos seus poderes.

Tá sentindo que já conhece essa história de algum lugar? Isso mesmo: Ponyo é a Ariel do Ghibli. A animação é adorável e super divertida, os personagens são cativantes e Ponyo é uma protagonista incrível. O filme é muito bem dirigido e animado.

É um A Pequena Sereia com a cara e a identidade do Ghibli.

 

 

9 – O Reino dos Gatos

Haru é uma garota normal que um dia acaba salvando um gato do atropelamento. O que poderia ser apenas um ato normal de bondade se desenrola em algo muito maior, algo que Haru jamais teria imaginado. À noite, ela recebe a inesperada visita do Rei dos Gatos. Agradecido, ele convida a menina para visitar o Reino dos Gatos, onde Haru entrará nas mais diversas confusões e terá que fugir de um casamento forçado.

Esse foi o primeiro filme que eu vi do Ghibli, em uma tarde bem tediosa. Eu gosto muito de gatos – tenho dois, inclusive – e resolvi dar uma olhada. Eu simplesmente não percebi a passagem do tempo e me diverti bastante assistindo à animação. É bem bobinha, mas muito legal.

 

10 – O Sussurro do Coração

Shizuku é uma garota cuja paixão é a leitura. Ela é sempre vista lendo um livro e faz visitas constantes à biblioteca. Por algum motivo, ela decide ler as fichas de empréstimo e acaba descobrindo que em todos os livros que pegou está a assinatura de um garoto chamado Seiji. Shizuku sente então uma grande vontade de conhecer Seiji.

Pra encerrar nossa lista, vamos recomendar Sussurro do Coração! É uma animação muito leve e divertida, dessas de assistir em um dia calmo com a companhia de alguém especial e um balde de pipoca. É bem leve e tem alguns toques de realismo mágico.

 

E foi isso! Tentei colocar na lista filmes que realmente gosto do Ghibli e acho que vocês irão gostar. E essa é apenas uma minúscula fração dos filmes desse estúdio, que possui muitas outras animações incríveis. Aproveitem as dicas e não se esqueçam da pipoca! 😉

♡ Você também vai amar: